8 dicas para não ser cancelado!

Você provavelmente ouve esse termo todos os dias, não é mesmo, mindzuper?

Uma vez que, um astro do esporte apronta na night e é flagrado. Cancelado! Um influencer pisa na bola e diz bobagens racistas. Cancelado! O youtuber faz piadinha babaca na rede. Cancelado! O amigo da escola folga com geral. Cancelado!

O termo começou a circular no mundo digital para indicar o boicote a pessoas famosas que vacilam. Sobretudo, hoje, ele saiu do universo das telas para a vida real e já tem uma galera cancelando amigos de escola, professores, familiares. Mas será que esse é um comportamento bacana? Você já pensou que quem cancela, também pode acabar cancelado?

Como evitar o cancelamento?

Existem 8 dicas importantes para evitar que seus amigos o cancelem por algo que você fez ou disse. Então, vamos falar sobre algumas delas agora e entender como os Métodos Metacognitivos do MenteInovadora podem ajudar a evitar isso.

1- Aprenda a se comunicar

Busque clareza em tudo o que você diz, ou faz. Muitas vezes, o cancelamento acontece porque uma frase fora de contexto é mal interpretada. Por isso, o Método Escada, que nos ajuda a ter clareza do que pretendemos alcançar, pode ser um grande aliado na tarefa de aprender a se comunicar. Pense bem no que vai dizer ou postar, planeje o que quer transmitir, pondere as possíveis consequências, e esclareça seu ponto de vista caso seja contestado. Dessa forma, de degrau em degrau, aprenda a se comunicar corretamente.

2- Aprenda a ouvir

Se você presta atenção às pessoas à sua volta – ou aos seus seguidores nas redes –, aprende a entender como essas pessoas enxergam o mundo, o que pensam, os valores que são caros a elas. Em outras palavras, você vai aprender a se relacionar melhor com elas e isso ajuda a evitar gafes ou posicionamentos que possam ser considerados ofensivos. O Método Aves Migratórias, que desenvolve a harmonia e cooperação entre diferentes membros de um grupo, pode ser uma ferramenta valiosa para ajudá-lo a estar atento às necessidades e potencialidades de cada um.

3- Desenvolva a empatia

Antes de lançar uma frase bombástica, ou uma piada duvidosa, pense: o que você vai dizer pode causar mal-estar ou ofender alguém? A empatia é a capacidade de entender a dor do outro e desenvolver essa habilidade vai tirá-lo de muitas roubadas. Por isso, o Método Detetive, que nos ensina a fazer as perguntas certas para construir hipóteses, pode ser útil nesse questionamento.

4- Cuidado com as piadas

Já que falamos de piada, essa é outra dica importante. O humor, especialmente em tempos passados, sempre se apoiou demais na fraqueza alheia. Uma piada, quase sempre, usa vulnerabilidades de determinados grupos de pessoas para fazer outros grupos rirem. Hoje em dia isso é cada vez menos aceito.  Lembra do Método Semáforo? Então pare antes de lançar a piada, pense se ela é ofensiva de alguma forma a algum grupo, ou se exprime algum tipo de preconceito, e só siga em frente se tiver certeza de que se trata de uma piada inofensiva.

Qual a melhor saída?

Existem outras maneiras de expressar insatisfação. Formas menos agressivas do que um simples cancelamento.

Conversar abertamente sobre uma postura que não agradou, por exemplo, é mais eficiente. Com a abordagem certa, a conversa franca abre espaço ao diálogo e dá à pessoa que errou a chance de reavaliar sua postura e aprender com o episódio.

Na comunicação, esses cuidados são grandes diferenciais. Uma vez impostos no seu dia a dia, serão importantes aliados! Não só para evitar o temido cancelamento, mas para você se comunicar cada vez melhor! É mais que necessário pensar muitas vezes antes de dizer algo e, claro, praticar a empatia cotidianamente.

Crescer e amadurecer leva tempo, mindzuper.  Mas lembre-se, a cultura do cancelamento é algo perigoso para a saúde mental…. Na semana que vem, vamos falar mais sobre isso e trazer mais 4 dicas sobre como evitar o cancelamento.

Mas me conta mindzuper, o que achou dessas dicas? Aproveite para nos acompanhar também, no Instagram @mindzup, para ficar por dentro de mais assuntos como esse!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu