Os efeitos do cancelamento

Bom mindzuper, como vimos no post anterior, ao contrário do que muitos imaginam, o cancelamento não é algo que acontece só com pessoas famosas. Hoje, todos estão muito mais expostos, são gravados, filmados, julgados. Pois é, não é fácil viver em um mundo com tanta exposição, não é verdade?

A cultura do cancelamento, assim como tudo que surge na era digital, se transformou em uma velocidade espantosa. Dessa forma, os cancelamentos foram, muito rapidamente, saindo da esfera das questões sociais para as individuais. Artistas, influenciadores e pessoas comuns, sofrem julgamentos e eventualmente, injustamente, de forma desproporcional ao seu erro. 

E sim, todos nós cometemos erros, mas isso não deveria ser uma brecha para que sejamos cancelados. Até porque, você sabia que o cancelamento pode trazer muitos danos a saúde física e mental?

Efeitos do cancelamento

Quem sofre cancelamento pode ter danos emocionais, afetando a saúde mental. Certamente, sentimentos como desprezo, abandono, desconsideração e isolamento acabam sendo comuns em pessoas canceladas pelos amigos.

Por outro lado, canceladores também podem sofrer transtornos mentais. A postura de “juiz da internet” e “dono da verdade” não é saudável para ninguém. Portanto, quem cancela o tempo todo pode se tornar excessivamente crítico e intolerante. Uma pessoa que busca uma perfeição inexistente em quem a cerca. Em última análise, não conseguirá conviver bem com quase ninguém.

Como evitar o cancelamento?

Na semana passada, falamos um pouco sobre algumas atitudes que você pode tomar, para evitar que seus amigos o cancelem por algo que você fez ou disse. Hoje, vamos seguir com mais algumas dicas para você evitar esse tipo de situação.

Vem comigo!

5- Aprenda a diferenciar opinião de preconceito

O mundo está em constante transformação. Não é porque uma determinada coisa foi aceita no passado que ela deve continuar sendo válida nos dias de hoje. Use o Método Filtro para distinguir opiniões relevantes, bem embasadas, de preconceito. Se estiver na dúvida sobre sua posição a respeito de um tema, investigue mais antes de compartilhá-la.

6- Saiba improvisar

Muitas vezes você vai se deparar com reações e situações inesperadas. Seja em postagens nas redes ou seja em interações presenciais com as pessoas. Aprenda a lidar com elas sem escorregar para posições intransigentes. O Método do Equilibrista pode ajudá-lo a atravessar essa corda bamba sem perder o equilíbrio. Refletindo sobre sua tendência pessoal e mantendo a abertura para perspectivas diferentes da sua.

7- Não tenha medo de errar

Podemos corrigir qualquer erro. Lembra do Método Tentativa e Erro? Ele nos ensina que, ao contrário do que nos é ensinado, o erro não é uma coisa exclusivamente negativa.

8- Tenha humildade

Se você cometeu um erro, disse ou escreveu algo que ofendeu alguém, não tenha receio de se desculpar. Lembre-se do Método Alpinista, que nos ensina que recuar não é sinal de fragilidade ou incapacidade. Quem recua mostra que reconhece suas limitações e está investindo esforços para superá-las.

Eai mindzuper, o que você achou dessas dicas? Espero que elas tenham te ajudado a entender como podemos parar a cultura do cancelamento… Lembre-se que é importante ter consciência de que as pessoas erram, e que seus erros podem até ser apontados, mas apenas se forem erros de verdade. Esse processo deve acontecer com o intuito de educar, conversar, discutir e aprender. E não de ofender, machucar e prejudicar. Até porque somos humanos, e mesmo os canceladores que exigem perfeição cometem diversos erros (e o primeiro deles é “cancelar”).

Com todas essas dicas e os conhecimentos dos Métodos Metacognitivos do Programa MenteInovadora, certamente você tem todas as condições para se transformar num agregador. Uma pessoa que sabe ouvir, integrar e conviver com quem pensa de maneira diversa. Portanto, sem motivo para sofrer ou praticar o cancelamento.

Ah e mindzuper, nos acompanhe também no Instagram @mindzup, para ficar por dentro de mais dicas como essas. Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu