Como escolher sua profissão!✅

Se você ainda está indeciso, o melhor a fazer é buscar o máximo de informações. E uma das mais importantes é saber o tamanho da concorrência no vestibular.

Está chegando a hora de escolher a carreira que você vai cursar na universidade. E esse pode ser um dos momentos mais desafiadores da sua vida, pelo menos até aqui. Afinal, nem sempre a gente sabe com toda certeza qual profissão gostaria de seguir, certo? Para ajudar quem está indeciso, vamos usar o Método do Filtro do Programa MenteInovadora.

Como você bem se lembra, o Método do Filtro é aquele que nos ensina a identificar, classificar, selecionar e filtrar os dados e informações relevantes para compreender e solucionar situações.

Então, para começar, vamos estabelecer a situação que você quer solucionar: a escolha da carreira. Pronto?

1° Identificar suas aptidões

Com quais disciplinas você se identifica mais na escola? Saber as áreas de que você mais gosta é um bom ponto de partida, porque você pode começar a analisar carreiras com as quais tenha mais afinidade – e a descartar aquelas que não têm nada a ver com você.

Por exemplo: alguém que adora biologia pode pensar em carreiras ligadas à área de Ciências da Natureza, como Fisioterapia, Educação Física, Medicina, Biotecnologia, Biologia… Por outro lado, alguém que abomine matemática deve pensar duas vezes antes de seguir carreiras como Engenharia, Astronomia, Estatística e Ciência da Computação.

Com essa reflexão feita, você está pronto para o segundo passo…

2° Classifique as carreiras que lhe interessam

Agora que você já sabe com qual das áreas tem mais afinidade, estude as carreiras ligadas a ela. Faça um levantamento de todos os cursos da área, colha o máximo de informações que conseguir e classifique-os de acordo com o seu interesse. Você pode distribuí-los em três colunas: na primeira, coloque todos os cursos que poderiam lhe interessar muito. Na segunda, coloque aqueles que poderiam entrar como segunda opção. E para a terceira, deixe os que nada têm a ver com você.

Imagine o exemplo de alguém que se identifica com a área de humanas e gosta muito de ler e de escrever. A tabela desse estudante poderia ser mais ou menos assim:

Gosto muito

Talvez sim, talvez não

Nem pensar!

Jornalismo

Publicidade e propaganda Economia
História Tradução e interpretação

Direito

Letras Relações públicas

Administração

Agora que você já conhece cursos da área que mais lhe agrada, pode começar a selecionar, no próximo passo.

3° Selecione os cursos com melhor potencial para você

Este passo é muito importante, porque essa escolha não vai se basear apenas no seu gosto. Usando a lista elaborada no passo anterior, arregace as mangas e mergulhe no Google para pesquisar sobre os cursos que entraram na primeira coluna.

Tente descobrir como é o curso? Quantos anos dura? Quais disciplinas fazem parte do currículo? Quais são as melhores faculdades? Quantas vagas oferecem? Qual é o tamanho da concorrência? Como é o dia a dia daquela profissão? As chances de colocação no mercado de trabalho são promissoras?

De posse de todas essas informações, chegou a hora de último passo: filtrar os dados que você levantou para chegar a uma conclusão.

4° Filtre os dados e escolha sua carreira

Neste passo, você vai acrescentar à montanha de dados levantados o filtro da sua preferência. E vai, a partir daí, construir um plano de trabalho que defina os cursos que pretende fazer, em quais faculdades vai tentar uma vaga e o quanto precisará estudar para obter sucesso.

Por exemplo: se você está inclinado a seguir Medicina e não abre mão de cursar numa das melhores faculdades públicas que oferece o curso, você já sabe que terá de ralar muito nos estudos, porque essa é a carreira mais disputada em praticamente todas as melhores universidades do Brasil.

Para ajudá-lo neste passo, não perca as próximas semanas, onde trarei a listas dos 10 cursos mais disputados no Sisu e em alguns dos maiores vestibulares, e dos 10 cursos mais procurados do Brasil.

Não sabe qual é a diferença? Então até lá! ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu