Como seria um mundo sem mulheres?

O Mês Internacional das Mulheres nos faz refletir como é sempre bom aprender sobre a importância da igualdade entre todos para o desenvolvimento do mundo!

Em alguns países do mundo, como o México, por exemplo, as mulheres decidiram celebrar o dia internacional dedicado a elas, em 8 de março, com uma manifestação diferente.

Em lugar de festas e passeatas na rua, elas resolveram “desaparecer” de cena no dia 9 de março, como se, num passe de mágica, o mundo não tivesse mais mulheres!

Você consegue imaginar uma situação dessas? Como seria a sua vida se, de repente, não tivesse mais a sua mãe, avó, tias e mesmo as suas professoras!

O caos estaria instalado no mundo em diversos campos, a começar pelo nascimento de novas pessoas!

Neste mês dedicado às mulheres, aproveite para aprender mais sobre a importância do papel delas na história e no desenvolvimento da humanidade.

Você vai se surpreender com o tanto de coisas que elas realizaram e continuam a realizar todos os dias, sem mencionar o fato de que, se não fosse por elas, nenhum de nós estaria aqui na Terra hoje, já que todos nascemos de uma mulher, certo?

Além de aprender, ajude a divulgar entre seus colegas a ideia de que precisamos começar a tratar todos, homens e mulheres, de maneira igualitária e justa, para que possamos construir um mundo mais um mundo mais humano.

É a melhor homenagem que você pode prestar às mulheres, acredite.

1 Comentário. Deixe novo

  • COARACI CORA OLIVEIRA DA CUNHA
    outubro 2, 2020 12:34

    Uma homenagem a nós mulheres! Acho ótimo, deixamos de ser um sexo frágil, somos fortes, mas precisamos do sexo oposto, já não é atoa que lá atrás em revéz ao Direito Romano, usavam o termo “varão de família” e “varoa”. Ora! Nada mais é, que a união dos dois sexos, um precisa do outro par ao equilíbrio, é certo de nossa espécie! Por esse motivo, devem ser tratados no mesmo pé de igualdade! A mulher conquistou seu ápice no mercado de trabalho, e por esse motivo deve ter um salário correspondente no mesmo pé de igualdade! E merece respeito em suas opniões.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu