15 filmes inesquecíveis para educar e construir um novo olhar!

O cinema é uma diversão familiar consagrada. Então, por que não aproveitar esse momento de lazer em conjunto para acrescentar um caráter educativo à diversão? Filmes que tocam a alma e ensinam valores para a vida são uma ótima forma de fazer isso.

Você não sabe por onde começar a selecionar esse tipo de filme? Então confira essa lista de 15 filmes e animações e boa diversão! Atenção para as classificações indicativa de cada filme, ok?

Animações…

  • Divertida Mente – Em primeiro lugar, um filme tocante sobre o turbilhão de emoções que todos nós vivemos na passagem da infância para a adolescência. Riley é uma garota divertida de 11 anos que enfrenta mudanças importantes em sua vida quando a família se muda para San Francisco. Assim, dentro do cérebro de Riley, convivem várias emoções diferentes, como a Alegria, o Medo, a Raiva, o Nojinho e a Tristeza. E tudo vai passar por uma enorme transformação quando a Alegria e a Tristeza são expelidas da sala de controle. Classificação indicativa: Livre.
  • Operação Big Hero – Neste filme da Disney, um garoto com enorme aptidão para a robótica e a matemática aprende, com o irmão mais velho, a importância de canalizar seu talento para os estudos. Classificação indicativa: Livre.
  • Valente – Para quem gostaria de ensinar uma outra forma de ser princesa, esta animação apresenta Merida, a heroína que não quer se casar com nenhum príncipe encantado, é forte, independente, e como todos nós, faz várias escolhas horríveis. O filme trabalha a relação entre pais e filhos e nos ensina a lidar com as responsabilidades geradas por suas escolhas. Classificação indicativa: Livre.

E mais animações…

  • O Pequeno Príncipe – Esta animação francesa de 2015 faz uma releitura do clássico de Antoine de Saint-Exupéry. Uma menina criada pela mãe controladora se muda para uma nova casa e se torna amiga do vizinho, um velhinho que lhe conta sobre um príncipe que vive numa asteróide com um rosa. A amizade que nasce entre duas pessoas de idades tão diferentes vai trazer novos rumos à vida da garotinha. Classificação indicativa: Livre.
  • O Rei Leão – Um excelente filme para abordar a questão do luto, tão difícil para nós. Quando Mufasa morre, Simba precisa amadurecer repentinamente para superar a perda, assumir as responsabilidades precoces e retomar o trono do reino. Classificação indicativa: Livre.
  • Persépolis – Esta é uma animação autobiográfica da iraniana Marjane Satrapi. Ela narra as transformações na vida da adolescente quando seu país, o Irã, passa pela revolução Xiita que destronou o Xá Reza Pahlavi, em 1979. Classificação indicativa: 12 anos.

Agora filmes…

  • De Volta para o Futuro – Neste clássico de 1985, o protagonista Marty McFly (Michael J. Fox) volta para o passado, quando seus pais tinham a idade que ele tem no presente. Uma ótima pedida para despertar a reflexão de que achamos que os nossos pais jamais passaram pelas dificuldades que enfrentamos atualmente. Classificação indicativa: Livre.
  • Karatê Kid – Sem dúvida, outro clássico dos anos 1980. Pois, Daniel (Ralph Macchio) procura um mestre em artes marciais, senhor Miyagi (Noriyuki Morita) para aprender a revidar contra os garotos que o agridem na escola. De fato, ao invés de ensiná-lo a brigar, Miyagi o ensina a filosofia de vida sem violência do Karatê. Ou Seja, Daniel desenvolve o autocontrole, a autoconfiança e passa a encarar as adversidades com um novo ollhar. Classificação indicativa: 10 anos.
  • A Onda – Um professor de história decide ensinar o totalitarismo à sua turma implantando na sala-de-aula uma experiência imersiva sobre o tema. Logo a turma – e o ambiente escolar – fogem ao controle. Este filme alemão é uma ótima oportunidade para refletirmos sobre o nosso comportamento quando estamos em grupos. Classificação indicativa: 16 anos.
  • As vantagens de ser invisível – Não apenas um filme sobre a importância de saber se adaptar a novas situações. Uma vez que o protagonista, Charlie, é um jovem com dificuldades de se adaptar à nova escola. Até que dois amigos passam a integrá-lo. Classificação indicativa: 14 anos.

E mais filmes…

  • O Sonho de Wadjda – Por certo, o primeiro filme dirigido por uma mulher Saudita, conta a história de uma menina árabe que luta para realizar um sonho banal para qualquer adolescente do sexo masculino: ter uma bicicleta. Ou seja, é uma ótima opção para lançar um olhar sobre a igualdade entre as pessoas e sobre as diferentes culturas no mundo. Classificação indicativa: 14 anos.
  • Juno – De fato, a temática adolescente, ajuda a trabalhar as tão difíceis questões relacionadas à sexualidade. Depois que uma adolescente engravida acidentalmente do melhor amigo e precisa decidir entre ficar com a criança e entregá-la para adoção. Classificação indicativa: 10 anos.
  • Cría Cuervos – Surpreendentemente, outro título para trabalhar a temática da morte e do luto e a forma como eles afetam a nossa vida. Já que neste filme de 1976 do premiado cineasta Carlos Saura, a pequena Ana procura entender a morte da mãe e do pai num curto intervalo de tempo. Assim, com o apoio da fantasia, ela passa a acreditar ter poder sobre a vida e a morte das pessoas a sua volta. Classificação indicativa: 14 anos.
  • Onde Vivem os Monstros – Logo após assustar sua mãe fantasiado como um lobo, Max (Max Records) é colocado de castigo no quarto, sem jantar. Em seguida, ele resolve fugir de casa usando a imaginação e cria uma misteriosa ilha onde encontra vários monstros que vivem em bando. Desde que foi nomeado rei do grupo, ele tem a responsabilidade de evitar que a tristeza domine o lugar, e nesse enredo o diretor trabalha diversas fases e emoções do nosso desenvolvimento, da raiva ao luto, da imaginação à tirania. Classificação indicativa: 10 anos.

Para Encerrar…

  • A Culpa é do Fidel – Por fim, mais um filme com fundo histórico, para despertar o interesse pela história recente do mundo. A princípio, a pequena Anna, de 9 anos, levava uma vida de “princesa” com a família em Paris, na década de 1970, até que a chegada de uma tia e uma prima, exiladas da Espanha, vai mudar toda essa rotina. Classificação indicativa: Livre.

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe com seus familiares e amigos!

5 Comentários. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu