Aves Migratórias para preparar o seu futuro!

Entenda por que essa dúvida nos ronda a cabeça e descubra a melhor resposta para ela. 

Por certo, inúmeras pesquisas – antigas e recentes – mostram que o futuro é uma das nossas maiores preocupações e, claro, dos nossos pais:

Eles serão profissionais realizados? Conseguirão bons empregos? Terão uma renda confortável? Estarão preparados para lidar com o mundo em transformação? Serão boas pessoas, preocupados com o bem-estar próprio e também dos outros? Serão bons cidadãos, dispostos a contribuir com a comunidade?

Quando todas essas dúvidas, que tanto angustiam nossos pais, é comum olhar para a escola como a responsável por prover respostas. Mas nossa escola esbarra no mesmo empecilho que os pais para responder a essas perguntas: ninguém sabe como será o futuro.

Existe, porém, uma maneira de fugir dessa armadilha.

O segredo é preparar para a vida!

Bolas de cristal não existem e, portanto, ninguém sabe como será o futuro.

O ser humano, porém, tem uma incrível capacidade que o distingue dos demais animais: olhando para as experiências vividas, somos capazes de aprender novas atitudes e nos reinventarmos. Assim, ao fazer isso, transformamos o futuro que está sendo construindo hoje, por cada um de nós.

A escola pode ser o lugar perfeito para transmitir o conhecimento já acumulado pela humanidade. Conhecimento e conteúdo são muito importantes, mas será que bastam para nos preparar para a vida? Dessa forma, veja a seguir o método Aves Migratórias e descubra como ele pode nos ajudar nessa formação.

Aves Migratórias

Quando cada um faz a sua parte, todos chegam mais longe. E quanto maior o equilíbrio entre os objetivos pessoais e os coletivos, maiores as chances de sucesso.

Esse é o princípio do método metacognitivo Aves Migratórias, aplicado pelos professores do Programa MenteInovadora. Com ele, nós alunos aprendemos a trabalhar em equipe para atingir objetivos comuns.

Por isso, nos preparar para a vida também é um objetivo comum que exige trabalho em grupo.
Afinal, quando pais, professores e nós mesmos unimos esforços em busca desse objetivo, todos ganham muito mais. Como fazer isso? Confira na próxima semana. Até lá! 😉

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe com seus familiares e amigos!

2 Comentários. Deixe novo

  • Daniela Broio
    julho 3, 2020 16:50

    Simplesmente adorei o conteúdo!

    Responder
  • COARACI CORA OLIVEIRA DA CUNHA
    outubro 2, 2020 12:15

    Com base na “escola nova”, os professores e educadores em si, devem procurar despertar nas crianças a construção de pesquisar o novo, saber compreender e o motivo das transformações, Edgar Morim, já ao falar dos pilares referente ao sul realismo, já nos dava uma certa orientação entre os países mais desenvolvidos. O Brasil, não era um dos quatro citados, mais é um país que se encontra em temerosas transformações, tanto na política, quanto ainda em desenvolvimento! As crianças devem ter esse preparo de ver adiante… O crescimento!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu