Dicas para te ajudar a evitar o estresse do fim de ano!

O ano letivo entrou na reta final. E com as tão sonhadas férias no horizonte, você ainda tem de atravessar uma fase turbulenta de provas finais e recuperação de médias que estão baixas…Tudo isso, num momento em que as baterias já estão fracas, não é mesmo?

Afinal, foi um ano inteiro de dedicação, preocupações e cuidados. A soma de todos esses fatores pode levar a uma situação de esgotamento físico e mental. E é nesse momento que precisamos ainda mais, manter a cabeça no lugar e as energias renovadas. 

Por isso, vamos te ensinar a colocar em prática alguns dos nossos Métodos Metacognitivos, para ajudar a evitar esse estresse de fim de ano!

Vem comigo!

1. Método das Aves Migratórias: trabalhe em equipe

Esta dica vem em primeiro lugar por uma razão muito importante: trabalhar em conjunto é uma ótima maneira de aliviar um pouco a carga que você sente sobre os ombros. Você pode trabalhar em equipe com alguns amigos e transformá-los em poderosos aliados.

E para fazer isso, significa que você e seus amigos vão:

  1. Se apoiar ao invés de tentar fazer tudo sozinho;
  2. Entender a importância da organização na busca de um objetivo (aumentar as notas);
  3. Compartilhar as vivências e sabedorias de todos para ajudar na busca pela autoconfiança de cada um;
  4. Preocupar-se com o bem estar e não apenas com os resultados das provas;
  5. Divertir-se com eles para mostrar que a vida é muito mais do que uma nota.

Com essas cinco etapas na cabeça, você pode partir para o próximo passo.

2. Método do Semáforo: muita calma nessa hora…

Nem sempre é fácil manter a cabeça no lugar quando as nossas notas estão muito abaixo do esperado. Porém, se você for capaz de controlar a sua própria ansiedade, os seus resultados tendem a melhorar.

Por isso, com a ajuda do Método do Semáforo você aprende a parar, refletir e só então agir. E o verbo que você precisa usar é esse: agir, em lugar de reagir. 

Se você conseguir manter a calma diante de uma nota muito baixa, é possível relaxar a mente e deixá-la mais produtiva para os estudos e a recuperação das suas notas. Entender que você teve um rendimento ruim, é muito importante para que você possa aplicar o passo seguinte.

3. Método da Escada: Se planeje e dê um passo de cada vez

O planejamento de estudos é fundamental para alcançar bons resultados! Por isso, uma boa forma de evitar o estresse de fim de ano é entender a importância desse planejamento e como ele pode fazer você melhorar as notas.

Com o Método da Escada, você e seus amigos podem traçar o objetivo final juntos (aumentar as notas) e determinar os passos necessários para construir esse caminho.

Dessa forma, colocando prazos para cada passo, é possível enxergar que sim, você é capaz de superar aquela dificuldade que tanto o atormentava. Pois uma dica extremamente importante é dar um passo de cada vez, como se você estivesse subindo uma escada. E o planejamento vai te ajudar a fazer isso!

Assim, aos poucos, tente ir se acalmando. Um bom rendimento requer uma mente calma e tranquila, para a memorização e aprendizagem das matérias.

4. Método do Espelho: O conhecimento de si próprio…

Quando você não conhece suas forças e suas fraquezas, qualquer caminho se torna muito mais difícil. Por isso, tente refletir sobre si próprio. Quais medos o impedem de avançar em determinadas disciplinas? Quais certezas o ajudam a ter resultados tão bons nas matérias em que é craque?

Se você for capaz de listar ações práticas que dão bons resultados nas disciplinas em que tem notas altas e aplicá-las aos estudos das disciplinas em que tem dificuldades, já estará dando um passo significativo na conquista da autoconfiança. E essa é uma qualidade fundamental para diminuir a cobrança e estudar com maior eficiência.

5. Método do Pintor: Encontre um lugar no quadro para o lazer…

É comum, nesses momentos de final do ano, que você só enxergue livros pela frente. E isso amplia o estresse. Mas, com o Método do Pintor do Programa MenteInovadora, você pode entender que o quadro da vida é feito de muitas outras partes diferentes. Imagine uma tela de um pintor e divida ela em quatro partes do seu dia a dia: um para os estudos, um para o lazer, um para os esportes e um outro para o autoconhecimento, por exemplo.

E observe como os outros três são fundamentais para que o quadrante dos estudos funcione bem. Por isso, tente tirar um tempo para se divertir e relaxar a mente, saindo para um jantar com a sua família, por exemplo.

E aprenda a prática da meditação e de técnicas de respiração, que podem ser aprendidas no YouTube e não precisam tomar mais do que 10 minutos por dia.

Com todos esses métodos metacognitivos a seu favor, você vai ser capaz de controlar a sua própria ansiedade e, dessa forma, ir além do que esperava nas provas.

Então mindzuper, conta para a gente se você gostou desse conteúdo e compartilhe também com seus amigos! Isso pode ajudá-los.

Ah e nos siga também no Instaram @mindzup para ficar por dentro de mais dicas e novidades!

Até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu