Estudar ou não estudar em dezembro, eis a questão

As luzinhas já começaram a enfeitar casas, ruas e árvores; as pessoas andam apressadas carregando sacolas de presentes; e as velhas músicas estão de volta às rádios, aos consultórios e aos elevadores… É, o Natal está chegando! E como ninguém quer estar desmaiado sobre o livro de Física quando o Bom Velhinho aparecer na lareira, sempre surge aquela clássica dúvida quase Shakespeariana: Estudar ou não estudar em dezembro, eis a questão…

Não adianta ficar olhando para a caveira do Hamlet – nem para o smarphone. Eles não vão te responder. Melhor, neste caso, é usar o Método do Detetive do Programa MenteInovadora, que vai ajudá-lo a mobilizar a sua capacidade de observação para compreender melhor a situação e, a partir da daí, tomar uma decisão.

Então vamos à primeira pergunta:

1.      Você passou na primeira fase da Fuvest, da Unesp ou da Unicamp?

Se a resposta é sim, parabéns! Essa é uma grande notícia, a recompensa pelo seu esforço do ano todo. E como você não vai querer desperdiçar essa primeira conquista, a resposta à pergunta acima é, obrigatoriamente, SIM.

Você precisa manter a rotina de estudos em dezembro, porque as provas das segundas fases desses vestibulares são todas em janeiro. Mas não precisa também comer o peru frio na noite do dia 24, nem perder os fogos da virada no dia 31. Reserve esses dois dias para descansar, curtir a família reunida e descansar um pouco.

Se você não foi aprovado para a segunda fase desses vestibulares, siga para a próxima pergunta.

2.      Você foi aprovado em alguma universidade privada?

Se você já garantiu sua entrada em 2019 como universitário, parabéns! Papai Noel chegou mais cedo e lhe presenteou com férias em dezembro, desde que você não vá fazer provas de segunda fase nos vestibulares da Fuvest, Unesp e Unicamp.

Agora, se a instituição em que você ingressou não é exatamente a universidade dos seus sonhos, siga para a próxima pergunta.

3.      Como foi a sua nota no Enem?

Se o seu desempenho foi bom e você está na disputa por vagas nas universidades federais, você também merece parabéns! E sua missão principal, neste caso, é ficar atento à abertura das inscrições para o Sisu. Em 2019, o sistema estará disponível para os candidatos de 23 de janeiro até as 23h59 do dia 26 de janeiro.

Se estiver totalmente certo de que vai conseguir uma vaga, você também pode aproveitar dezembro para descansar. Mas se estiver em dúvida, siga para a próxima pergunta.

4.      Existe alguma universidade privada em que você gostaria de tentar uma segunda chance?

Algumas instituições privadas oferecem reclassificação para vagas remanescentes. Neste caso, o recomendável é que você eleja, entre as que oferecem a carreira escolhida, algumas em que você gostaria de estudar. E a partir daí, pesquise se elas oferecem provas para vagas remanescentes. Anote as datas dessas provas e monte seu planejamento.

Se uma prova de reclassificação for apenas no início de fevereiro, por exemplo, você pode optar por estudar até o dia 20 de dezembro, tirar umas férias, e só retomar os estudos no início de janeiro. Ou pode preferir ir direto até o Natal, parar para as festas, e só voltar aos livros no dia 10 de janeiro.

O importante é encontrar, no planejamento, algum tempo para descansar, mas sem abandonar totalmente os estudos.

Finalmente, se você não se encaixou em nenhuma das situações anteriores, siga para a quinta e última pergunta.

5.       Vai encarar mais um ano de cursinho?

Talvez você tenha sido aprovado em alguma instituição, mas não esteja satisfeito e queira insistir na universidade dos sonhos; talvez não tenha sido aprovado em nenhuma. Em ambos os casos, 2019 será mais um longo ano de muito trabalho para você. E, portanto, você DEVE SIM tirar um descanso em dezembro. Mesmo que isso lhe pareça errado, ou que aquela tia-avó fique azucrinando na noite da ceia com o clássico “mas como, não foi aprovado e está vagabundeando”… O que importa é você saber que as férias vão ajudar o seu cérebro a se renovar para enfrentar a longa caminhada que você terá no ano que vem rumo ao sucesso.

Jingle Bell! ?

Desejo boas festas a todos, com ou sem as apostilas debaixo da árvore da Natal, e férias intensas, sejam elas longas ou curtas. Nos vemos de novo em fevereiro de 2019. Até lá! ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu