Onde foi que você errou?

Esta semana iniciamos com uma reflexão sobre os objetivos que ainda não conseguiu atingir.

Note bem, iniciei o texto usando a palavra “ainda”, porque a partir do momento em que você entender o que está dando errado, as chances de melhorar sua performance também nessas metas aumentam muito.

Agora, então, faça a lista dos desejos que ainda não se concretizaram. Por que eles deram errado? Qual foi o passo que levou a um resultado diferente do esperado? Que crenças o levaram a tomar aquela atitude? Será que essas crenças estão corretas ou são limitadoras, ou seja, o impedem de ver o problema sobre outros ângulos? Você poderia ter feito melhor? De que maneira?

Entender seus mecanismos internos de funcionamento, neste caso, é importante para que você possa fazer uma reavaliação do conjunto de crenças que limitam o seu comportamento.

Certamente, muitas delas podem estar baseadas em aprendizados emocionais passados que talvez não sirvam mais para você. Se for esse o caso, talvez seja a hora de jogá-las fora.

E a melhor forma de fazer isso é entender em que momentos elas são acionadas e que comportamentos desencadeiam. Conhecê-las profundamente vai ajudá-lo a anulá-las no futuro.

Assim como no caso dos êxitos, faça uma lista dos comportamentos negativos. As duas listas serão muito úteis agora:

Hora de corrigir os rumos

Com as listas dos comportamentos positivos e negativos, faça o seguinte exercício: pegue um dos seus êxitos e imagine o que teria acontecido com o resultado se você tivesse adotado um dos comportamentos negativos que acabou de listar. Ele teria passado para a lista de objetivos não atingidos?

Inverta o exercício. Ou seja, para cada meta não atingida, tente aplicar um dos comportamentos positivos que melhor se encaixe à situação. O que teria mudado no resultado? Ainda dá tempo de corrigir esse final?

Assim, conclua esta fase do exercício traçando uma nova lista de objetivos para o restante do ano organizada em três colunas, mais ou menos como no exemplo abaixo:

ObjetivoComo atingi-loAlerta!
O que você pretende conquistarQuais padrões de comportamento positivos podem ajudá-lo nesta tarefaQuais entre os seus padrões de comportamentos negativos podem atrapalhá-lo

Pronto, agora que você se conhece melhor, que tal colocar em prática agora mesmo? Como fazer isso?….

Senta que lá vem conversa…

Ok, sabemos que nessa fase da vida, estamos com muitos problemas, somada a nova situação mundial. Por isso, se precisar de ajuda nessa organização ou em maneiras diferentes de traçar objetivos, converse com seus pais, familiares ou amigos.

Que tal mostrar compartilhar, com eles, o Método do Espelho para reavaliar seus objetivos para o ano?

Onde avançou? No que precisa melhorar? Como tem se saído com os esportes, os hobbies, os amigos? E na escola, como estão as notas? O que precisa melhorar? Está se sentindo bem ou mal preparado para as provas, para o Enem ou vestibular? Tem algum plano traçado para melhorar o rendimento nesse aspecto?

Veja minha sugestão para ajudá-lo a alcançar as metas:

Use e abuse do Mind Lab em Família!

A plataforma do Mind Lab em Família, possui atividades fantásticas para toda a família, auxiliando ainda mais no seu aprendizado, mas também para ajudá-lo a avaliar o quanto já avançou e, dessa forma, fazer as correções de rumo necessárias.

Funciona assim: semanalmente, em cada atividade autoinstrucional, você irá montar um jogo, onde estimula a integração entre as pessoas e muito privilegiada para desenvolver habilidades, aprimorar as funções executivas, criar e fortalecer vínculos.

E então? Pronto para embarcar nessa jornada? Convide seus amigos e conquiste o privilégio de guiá-lo na construção do conhecimento e se transforme num influenciador do futuro dele. 😉

1 Comentário. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu