Qual a melhor técnica de estudo?

Escolha a técnica que melhor combina com o seu tipo predominante de inteligência!

Você já ouviu falar em Howard Gardner? Dá um Google aí. Você vai descobrir que nos anos 1980, esse psicólogo americano revolucionou o conceito de inteligência ao propor que ela não é uma habilidade única, mas sim dividida em múltiplas abordagens. Todos nós podemos reunir várias delas, embora tenhamos, em geral, uma que predomina.

As inteligências múltiplas, como ficou conhecida a teoria dele, seriam sete: Lógica e Matemática, Verbal e Linguística, Corporal e Cinestésica, Intrapessoal, Interpessoal, Espacial e Visual, e Musical.

Você sabe qual é a sua inteligência predominante? Então leia as definições de cada uma e descubra a melhor técnica de estudo para você:

Tipo de inteligência Descrição Melhores técnicas de estudo
Lógica e Matemática Associada ao lado direito do cérebro, traz a quem a domina maior facilidade para trabalhar com dados e informações catalogadas. – Preparar cartões de resumo com gráficos e tabelas;
– Categorizar as informações em tópicos.
Verbal e Linguística Associada ao lado esquerdo do cérebro e considerada uma das mais comuns, esta inteligência predomina em quem usa a língua de forma eficiente, tanto em sua versão oral quanto na escrita. – Atividades de conversação e debates;
– Escutar diálogos e entevistas;
– Assistir vídeos;
– Anotações em sala de aula;
Resumos.
Corporal e Cinestésica Esta inteligência está conectada ao cerebelo, que comanda os movimentos do corpo. Quem a domina se destaca em áreas como danças e esportes. – Dramatização de conteúdos;
– Eventos;
– Jogos com movimento;
– Atividades manuais.
Intrapessoal Presente em pessoas mais reservadas, que trabalham melhor sozinhas e concentradas no assunto de estudo. – Procurar locais silenciosos para trabalhar;
– Fazer anotações e trabalhar com cada prova de forma individual.
Interpessoal Marca as pessoas com facilidade para compreender os sentimentos, motivações e intenções de outras pessoas. – Organizar trabalhos em grupo;
– Promover debates com os colegas sobre o conteúdo estudado;
– Pedir a um amigo para sabatiná-lo.
Espacial e Visual Pessoas criativas e talentosas com desenhos e artes. – Trabalhar conceitos por meio de desenhos, filmes e imagens.
Musical Rara, esta é a inteligência de quem é sensível a ritmos e melodias, com talento especial para música. – Estudar ouvindo música instrumental, para associar os ritmos com os conteúdos e facilitar a memorização;
– Criar rimas e músicas com as matérias para memorizá-las.  

1 Comentário. Deixe novo

  • Eliane Carvalho de Sousa
    junho 18, 2020 09:55

    Precisamos trabalhar para descobrir qual a nossa inteligência que se destaca para melhor desenvolver os estudos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu