Viver sem ler é perigoso. Te obriga a crer no que te dizem.

Acredito que essa frase faz total sentido! Você já parou para pensar que muitas vezes temos preguiça de ler e tentar entender algo? Decerto acabamos delegando essa interpretação aos nossos pais, familiares ou ao próprio professor. Em ações como essas, esquecemos que é nossa a responsabilidade da interpretação. Por fim, somos os únicos prejudicados por não termos exercitado essa busca pelas informações e desenvolver habilidades analíticas, por exemplo.

Visto que nessa fase a Fake News está disseminando cada vez mais forte, a leitura é importante, a medida em que não ficamos refém de informações falsas. Afinal, temos o conhecimento ou sabemos o caminho correto, para ir atrás dos canais oficiais e não acreditar nos boatos e julgamentos alheios.

Para a segunda parte no processo do desenvolvimento do hábito da leitura, que tal entender melhor o próximo passo do Método da Árvore do Pensamento:

… E os galhos!?

Do tronco partem vários galhos, que representam os ramos de ações possíveis. Vamos agora listar, de forma sistemática, cada uma das possibilidades de ações disponíveis.

Partindo dos motivos levantados na etapa anterior, você pode imaginar uma série de ações com potencial de reverter o quadro. Vamos listar algumas que poderiam se encaixar com os exemplos listados acima:

Não enxerga a leitura como uma opção de lazer.

  1. A princípio, que tal mostrar o potencial da leitura como lazer, e pedir de presente um livro-jogo? Afinal, esses livros dão ao leitor a possibilidade de escolher caminhos diferentes ao longo da leitura. Ou seja, a cada nova decisão, a história se desenrola numa direção diferente. Alguns inclusive contam com dados para continuar e existem modelos que podem ser jogados por grupos de amigos, conhecidos como RPG. As tramas, em geral, se desenvolvem em torno de cenários fantásticos.

Só se interessa por dispositivos eletrônicos.

2. Livros também podem ser lidos em dispositivos eletrônicos. Por isso, pesquise aplicativos interativos que possam despertá-lo para o prazer da leitura sem que precise, necessariamente, trocar os dispositivos eletrônicos pelos livros. Outra ideia é ler os livros que viraram séries na TV e no cinema, como Harry Potter ou A Guerra dos Tronos, por exemplo.

Gasta tempo demais no WhatsApp com os amigos.

3. Que tal criar um grupo de leitura dos amigos no WhatsApp? O desafio é usar o grupo apenas para trocar ideias sobre o livro que todos lerão juntos. Para que funcione, você precisa descobrir os gostos da turma e encontrar um título que agrade a todos. Seus familiares ou professores pode ajudá-lo nessa tarefa.

A leitura, para você, é uma espécie de castigo.

4. Não acredite que ler é um castigo, mas sim, apenas exige muita dedicação. Portanto, para mudar essa imagem, você precisa dar um novo significado para os livros. Dessa forma, uma estratégia interessante pode ser a de usar o livro como ponte de aproximação com sua família. Aproveite esse momento de união e proponha um título para que vocês lerem juntos e possam trocar impressões num momento de conversa literária. Seria uma ótima forma de remover do livro a imagem negativa.

Acredita que a leitura não acrescenta nada para você.

5. Que tal ser um exemplo para seus amigos e mostrar como ler pode mudar a vida das pessoas? Assim, busque um tema interessante e leia na presença de deles, comente sobre o livro que está lendo, sobre como a história é envolvente, sobre como ela o afeta positivamente e sobre o que você está aprendendo com o livro.

Nem todos os galhos desenhados por você podem surtir o efeito desejado. Por isso é importante analisar os efeitos e consequências de cada ação, que formam a copa da árvore. Assunto este que tratarei na próxima semana!

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe com seus familiares e amigos!

3 Comentários. Deixe novo

  • Andrea Lúcia Figueiredo Oliveira
    agosto 31, 2020 00:47

    É importante criar o hábito da leitura, escolher um cantinho favorável para esse momento e também compartilhar as informações.

    Responder
  • Andrea Lúcia Figueiredo Oliveira
    agosto 31, 2020 00:49

    É importante criar o hábito da leitura, nós devemos estimular as crianças desde pequena, já ter o contato com o livro.

    Responder
  • COARACI CORA OLIVEIRA DA CUNHA
    outubro 2, 2020 11:21

    Concordo com a abordagem do titulo! Acredito piamente que torna-se perigoso, acreditar na falácia dos outros, temos que ler para compreender!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu