Errar é humano

Todos nós somos criados para fazer as coisas certas. Desde que somos muito pequenos, aprendemos que errar é uma coisa ruim. Quem erra, faz duas vezes, tira nota ruim na prova, não passa no vestibular…

É como se o erro, ao longo da história da humanidade, fosse sempre uma coisa negativa, que deve ser evitada a qualquer custo.

Ok, existe aquele famoso ditado que diz: “Errar é humano”. Como se tentasse nos dizer que está tudo bem, porque todo mundo erra na vida. Mas aí, logo em seguida, vem aquele outro ditado como complemento: “Repetir o erro é burrice”. Tipo assim, você até pode errar, mas só uma vez, tá?

Essa é uma crença limitadora e você precisa se libertar dela.

Mas, será que é assim mesmo?

Olha só, quando a gente é pequeno, costuma acreditar em tudo o que os adultos dizem. Mas depois que a gente cresce um pouco, dá para começar a pesquisar e a se informar em diferentes fontes.

Uma coisa que a gente aprende quando pesquisa é que a única forma não cometer erros seria evitar a todo custo os riscos de fazer algo sobre o qual não se tem certeza.

Mas, é possível viver sem se arriscar?

Já imaginou o que seria da humanidade se nenhum cientista, por exemplo, estivesse disposto a correr riscos?

Você sabia que foram necessários 10 voos espaciais antes que o homem conseguisse pisar na lua? E veja só, o primeiro deles foi catastrófico. Ou seja, errar, talvez, não seja necessariamente uma coisa ruim.

O erro traz experiência

É comum nem sempre acertar. Mas, o que dizer de ficar se apegando as coisas que não deram certo? O erro nem sempre produz mal resultado, mas depende da forma em que se interpreta cada situação.

Na verdade, ele traz a experiência, é importante que você compreenda assim, mindzuper. A experiência na vida de uma pessoa faz a diferença, ela é positiva, restauradora e sábia, porém, não vem de graça. Temos que passar por erros para obtê-la. 

Errar e perder fazem parte do processo de crescimento. Assim, é importante que você avalie o que o erro pode te ensinar naquela situação, e como você pode melhorar a partir daquilo?

É errando que se aprende

Existe uma expressão bastante conhecida que diz que é errando que se aprende. Muitos a consideram um clichê, mas se é chamada assim é sinal de que realmente é verdadeira, senão não seria tão repetida por tantas pessoas. Todo mundo age com o objetivo de acertar, mas são os erros que trazem os maiores e mais valiosos ensinamentos para as nossas vidas.

Todas as grandes descobertas da humanidade só aconteceram porque cientistas tiveram a iniciativa e a ousadia de tentar. E, mesmo errando, souberam aprender com o erro.

Por isso, errar não é uma coisa que deva ser evitada a qualquer custo.

Um erro, quando bem estudado, pode nos mostrar o caminho do nosso raciocínio para que façamos correções e aprendamos a maneira certa de resolver um problema.

É justamente esse aprendizado que conquistamos com o Método Metacognitivo da Tentativa e Erro. E é sobre isso que vamos falar na semana que vem!

Por isso, continue nos acompanhando aqui no blog Mindzup e nos acompanhe também no nosso Instagram @mindzup, para ficar por dentro das novidades!

Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu