Aprenda a usar o hífen – Parte 1

Este pequeno sinal gráfico é o terror dos estudantes que vão enfrentar a redação no Enem ou no vestibular

O hífen ( – ) nunca foi fácil de usar. Tem muita gente, por exemplo, que o confunde com o seu irmão maior, o travessão ( – ). Se não bastasse isso, ele se tornou ainda mais enigmático desde a última Reforma Ortográfica, aprovada em 2009 e em vigor pleno desde 2015. Aprender a dominá-lo, porém, é imperativo para todos os estudantes que vão enfrentar a redação do Enem ou do vestibular. Afinal, erros de ortografia tiram pontos da nota final. (Clique aqui para saber como é atribuída a nota da redação do Enem).

Como as regras são extensas, é bom ir por partes. Hoje iniciaremos com as situações em que o hífen é empregado.

Quando usar o hífen:

Quando o prefixo termina em vogal e a segunda palavra começa com a mesma vogalExemplos: micro-ondas, micro-organismo, anti-inflamatório, anti-inflacionário.

Exceção: Esta regra não se aplica aos prefixos “co”, “pro” e “re”. Exemplos: coordenar, reeditar, proótico.
Com prefixo diante de palavras iniciadas em “H”Exemplos: super-homem, anti-higiênico, extra-humano.
Quando o prefixo terminar com a mesma consoante com que se inicia a segunda palavraExemplos: super-resistente, inter-regional, sub-bibliotecário.
Com o prefixo “sub”, diante de palavras iniciadas em “r”Exemplos: sub-regional, sub-reino, sub-raça.
Com os prefixos “além”, “aquém”, “bem”, “ex”, “pós”, “recém”, “sem” e “vice”Exemplos: além-mar, aquém-mar, recém-nascido, bem-vivido, ex-jogador, pós-guerra, vice-reitor, sem-teto.
Com o advérbio “mal”, quando a segunda palavra iniciar com vogal, ou com “H”Exemplos: Mal-intencionado, mal-humorado, mal-educado.
Com os prefixos “circum” e “pan”, diante de palavras iniciadas por “vogal”, por “M”, “N” ou “H”Exemplos: circum-navegação, pan-americano.
Com sufixos de origem tupi-guarani, como “açu”, “guaçu” e “mirim”Exemplos: jacaré-açu, cajá-mirim, Mogi-guaçu.

Agora que você já sabe quando usar o hífen, não perca a parte dois destas dicas, onde traremos uma tabela com as regras para quando NÃO usar o hífen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu